segunda-feira, 5 de março de 2012

Bem cedinho


Imagem daqui: http://unicornsharks.tumblr.com/archive

Existem poucas coisas tão boas quanto acordar com alguém chupando deliciosamente o meu peito. Chupa e morde como se dali tirasse mesmo algum alimento. Enquanto a boca suga um leite imaginário a mão agarra o outro peito, medo que ele fuja talvez? Eu queria fingir que ainda estou dormindo e aproveitar mais o tempo dessa brincadeira. O corpo me trai. Essa maldita serpente que dorme nos nossos quadris começa a se contorcer com fome. Ele nem se toca. O pau, nem mole nem duro, descansa na minha barriga. Ele não quer fud, quer se divertir. Continua esfregando na minha barriga o pau, desce a mão enfia o dedo, fecho as pernas, tento gozar ele não deixa, acho que ri do meu sofrimento. Beija o pescoço, chupa minha boca e novamente desce, mergulha a cabeça entre os meus peitos e dorme. O pau, ainda acordado, derrama na minha barriga umas lágrimas de tristeza pelo fim da brincadeira.

4 comentários:

  1. É bom assim, quando não demora a atualizar... Enche meus olhos!!!

    ResponderExcluir
  2. tem msn natara? passa aí!

    ResponderExcluir
  3. Não passa msn não, gata.
    Passa o endereço. Pra mim.
    :)

    ResponderExcluir

Sempre me interessa o que pensas.